Close

Not a member yet? Register now and get started.

lock and key

Sign in to your account.

Account Login

Forgot your password?

Novos apoios comunitários para a agricultura arrancam a 15 de Novembro

22 Set Noticias
Novos apoios comunitários para a agricultura arrancam a 15 de Novembro
 

Ministra da Agricultura anunciou aumento da execução e período transitório entre programas.

As candidaturas para o novo Proder, o programa de apoio ao desenvolvimento rural que vai chamar-se PDR 20-20, podem começar a ser apresentadas a 15 de Novembro. O anúncio foi feito pela ministra da Agricultura, Assunção Cristas, na Escola de Quadros do CDS.

Na “aula” aos jovens democratas-cristãos, a ministra congratulou-se com o aumento da taxa de execução do actual Proder, que está a chegar aos 90%, e afirmou que essa é uma das razões para Portugal ter conseguido aprovar um regime de transição entre o actual e o novo programa. Esse regime permite que os novos fundos já estejam a ser utilizados para financiar projectos que se tinham candidatado ao Proder ainda em curso.

“Isto é inédito”, declarou Assunção Cristas, acrescentando que tal só foi conseguido devido à taxa de execução de aplicação dos fundos e ao facto de Portugal ter conseguido aumentar o emprego e o valor da agricultura enquanto estava sob resgate.

Para a ministra, “o maior desafio” neste momento é o mar. Lembrou que na quinta-feira o Conselho de Ministro aprovou a alteração de regras do Promar (o programa operacional para as pescas) que permitem facilitar a apresentação de despesas e a aprovação de candidaturas.

Esta alteração agora aprovada e que a ministra espera ver publicada em breve vai permitir começar os investimentos sem esperar por licenciamentos que ainda demoram algum tempo.

A execução do Promar é a nossa prioridade número um”, afirmou Cristas. A ministra quer continuar a simplificar procedimentos: “As nossas palavras de ordem, no mar também em terra, é investir, simplificar, internacionalizar, inovar.”